Celebração da Solenidade da Assunção da Virgem Maria no Seminário São José
16/08/2017
Aula inaugural – IFTDJ (Instituto de Filosofia Dom João Resende Costa) PUC Minas
25/08/2017

Iniciantes porque iniciados

Nos dias 14 e 15 de Agosto de 2017, a comunidade formativa do Seminário da Diocese de Itabira-Cel. Fabriciano se reuniu para um estudo do Documento 107 mediante as orientações demarcadas pelo nosso reitor Padre Francisco.

O objetivo do Documento 107 é de evangelizar a partir de Jesus Cristo, como Igreja discípula missionária, profética e misericordiosa, além de oportunizar aos leitores uma profunda reflexão dos desafios das diversas realidades hodiernas que a Igreja vivencia.

Dentre os objetivos acima citados, o documento nos apresenta uma demanda bastante instigante que é a necessidade de uma nova etapa evangelizadora que seja marcada pela alegria. Frente a esta questão, também é necessária uma revisão de nosso processo de transmissão da fé. Nesse sentido, no capítulo segundo do documento podemos perceber que a transmissão da fé em um dado momento da história se dava a partir de processos devocionais. Após o Concílio de Trento (1545-1563) a elaboração de um Catecismo passou a ser a forma de transmitir preceitos morais e doutrinários. 

O Documento 107 evidencia a necessidade de se construir um novo paradigma Pastoral de modo que o Projeto de vida Cristã chegue até àqueles que precisam ser iniciados na fé e também a todos nós que já fomos iniciados, pois, uma vez iniciados no mistério de Cristo, para sempre iniciantes na construção do Reino. Donde surgir a ideia de uma formação continuada, pois, este projeto de vida contemplaria a responsabilidade do cristão frente à vida pessoal, comunitária e pessoal.

Desse modo, chega-se à conclusão de que o querigma, isto é, este anúncio vivificador, se torna o caminho mais eficaz para a vivência do projeto de Iniciação à Vida Cristã, de modo que cada um em particular se converta cotidianamente, a partir do encontro com Jesus Cristo, a fim de abarcar o belo, que se dá através do encontro com o outro, consigo mesmo e com Deus.  

Seminarista Paulo Leal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.