Aniversariantes de Novembro!
20/11/2017
Formandos Filosofia 2017
29/11/2017

Sábado, dia 18 de novembro, Júlio César e eu, Ludugerio, participamos de uma formação sobre a Campanha da Fraternidade de 2018, na Arpas, em João Monlevade, que tem como tema: “Fraternidade e superação da violência”, e o lema “Vós sois todos irmãos”. (Mt 23,8).

A campanha da Fraternidade acontece no Brasil desde 1963, no período da Quaresma. Seu objetivo é despertar a solidariedade dos nossos fiéis e da nossa sociedade em relação a um problema concreto que envolve o povo brasileiro, buscando caminhos para sua solução. Em 2018, o tema é bastante provocativo, ele nos ajudará a compreender as realidades de violências em nossas cidades, paróquias e nas casas das famílias.

“Fraternidade é superar a violência, é derramar, em vez de sangue, mais perdão. É fermentar na humanidade o amor fraterno! Pois Jesus disse que ‘Somos todos irmãos” (Hino da campanha).

O assessor desta formação, Padre Marcelino, da Arquidiocese de Vitória, secretário do regional leste II, apresentou o tema com bastante entusiasmo. Ele nos questionou: o que é para vocês a Campanha da Fraternidade? Resposta essa que devemos buscar no nosso cotidiano.

Estamos celebrando aqui uma catequese, uma iniciação a vida cristã, baseando no documento 107 da CNBB “Iniciação a vida Cristã”. Devemos reconhecer a presença de Deus na caminhada, no trabalho, na luta, no sofrimento e na dor da vida do povo, escutar a palavra de Deus.

O tempo da Quaresma, é favorável com a oração, jejum e esmola (solidariedade). Com isso, há uma consciência nova, um aprofundamento da vivencia evangélica e do ardo que desenvolve em nós cristãos o amor, a fé esperança e a caridade. Destacou para nós três objetivos: Despertar, educar e renovar.

a)    Despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus.

b)   Educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor, exigência central do Evangelho.

c)    Renovar a consciência e se inteirar na proposta do Evangelho.

Ao profundarmos esse tema, tivemos um pequeno estudo da palavra de Deus com algumas citações Bíblicas. Estudamos o versículo do livro de Gn 3,1 quando o pecado entrou no mundo, em Marcos 16,9 a Ressurreição (A força do Ressuscitado sobrepõe a maldade da serpente).

Com isso, construir a fraternidade, promovendo a cultura da paz, da reconciliação e da justiça, à luz da Palavra de Deus, como caminho de superação da violência. O lema pretende considerar que a violência nunca constitui uma resposta justa. A Igreja proclama, com convicção sua fé em Jesus Cristo e com consciência de sua missão, que a violência é um mal. Busca então resgatar o sentido da fraternidade afirmando que somos todos irmãos e irmãs, filhos e filhas de um mesmo Pai. Por isso, iluminados pelo Evangelho somos chamados a não violência. “Quanto a vocês, nunca se deixem chamar mestre, pois um só é o Mestre da vocês, e todos vocês são irmãos. (Mt 23,8).

Oração da Campanha da Fraternidade 2018.

Deu e Pai, nós vos louvamos pelo vosso infinito amor e vos agradecemos por ter enviado Jesus, o Filho amado, nosso irmão. Ele veio trazer Paz e Fraternidade à terra e, cheio de ternura e compaixão, sempre viveu relações repletas de perdão e Misericórdia. Derrama sobre nós o Espírito Santo, para que, com o coração convertido, acolhamos o projeto de Jesus e sejamos construtores de uma sociedade justa e sem violência, para que, no mundo inteiro, cresça o vosso Reino de Liberdade, Verdade e de Paz. Amém!

Ludugerio Rodrigues Almeida – 3º Teologia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.