Rito de profissão e consagração monástica da Irmã Maria Cecília, OSB – Mosteiro Nossa Senhora da Graças (Beneditinas)

O evangelho da família, alegria para o mundo!
12/08/2018
Vida consagrada, Consagrados, como Cristo, para o reino de Deus!
19/08/2018

No dia 15 de agosto, nós, seminaristas, fomos prestigiar no Mosteiro Beneditino Nossa Senhora das Graças, a profissão Solene da irmã Maria Cecília, natural de Cel. Fabriciano. Tendo o lema “Senhor é vossa face que eu procuro” (Sl.26). A cerimônia foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor, o qual através do múnus a ele confiado, selou o que tanto almejou a irmã Maria Cecília, a busca pela face do Senhor, expressada na sua profissão religiosa.

É graça de Deus para todos nós podermos estar presente em um momento tão importante como esse. Momento em que o amor de Deus se manifesta em cada um dos ali presentes e principalmente sobre a vida da Irmã Maria Cecília, que vive uma vida de entrega total a Deus, unida a uma espiritualidade profunda.

Em sua homilia Dom Walmor, em virtude da solenidade em que estávamos celebrando no dia, Assunção da Virgem Maria, explicou-nos de forma simples, a profundidade do mistério que a liturgia daquele dia proporcionava a todos nós. Discorrendo sobre os textos bíblicos, disse-nos que a morte é inerente a todos ser humano, embora quando falamos em morte, o medo vem ao nosso encontro. Entretanto, a segunda leitura, retirada da carta de São Paulo aos coríntios, vem ao encontro da nossa fragilidade humana, – “O último inimigo a ser destruído é a morte. ” (1cor 15,26) – encorajando-nos na caminhada rumo ao céu.

Por conseguinte, celebrando a Assunção da Virgem Maria, percebemos que a morte é derrotada, vemos que a nossa meta é o céu. Assim como a Virgem Maria está hoje de corpo e alma, gozando na presença do senhor, nós caminharemos militantes rumo as alegrias do céu. Somos convidados a despoja-nos numa entrega sem igual, como o texto evangélico de hoje nos diz, no encontro de Maria e Izabel: “o amor de Deus se manifesta”.

Durante o rito da celebração a irmã Maria Cecilia, professou solenemente os votos de pobreza, obediência e castidade, ou seja, entregando tudo, os bens externos, o seu corpo e a sua vontade a Jesus, Nosso Senhor. Depois de todo o rito da profissão solene, a Santa Missa prosseguiu com o seu rito ordinário. Ao termino da Missa, fomos convidados para uma confraternização com as irmãs, em ação de graças àquilo que se procedeu naquele local.

É motivo de agradecermos a Deus por essa oportunidade que ele os concedeu, pois, momentos como esse fortalecem nossa vocação e nos motivam a responder sim, com alegria, àquele que nos chamou.

Vídeo da celebração

Junior Oliveira – 1º ano de filosofia

[SLGF id=2997]


Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/seminari/public_html/wp-content/themes/betheme/includes/content-single.php on line 286
Seminarista Márcio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.