Formação – Livro da caminhada e liturgia com os seminaristas do propedêutico

Formação contábil, administrativo e canônico para seminaristas da teologia
09/12/2018
ESPECIALIZAÇÃO EM CATEQUÉTICA – PUC-Minas e Regional Leste 2
19/01/2019

Durante a semana do dia 26 ao dia 30 de novembro de 2018, nós seminaristas do propedêutico tivemos uma formação dirigida pelo reitor Padre Francisco Guerra, usando como texto base o livro da caminhada e a formação litúrgica nos seminários e casas de formação. A proposta tinha como objetivo nos apresentar a história da nossa Diocese, assim como o conteúdo catequético. Os estudos desses documentos foram importantes para o encerramento do nosso ano formativo. A leitura do livro da caminhada é importante para toda Igreja particular de Itabira – Cel. Fabriciano, pois as informações contidas nele, nos orientam nas práticas pastorais e nos auxiliam diante de algumas dúvidas.

O livro apresenta de forma clara e objetiva todo território que constitui a diocese de Itabira, ou seja, os três regionais, com os números populacionais de cada região, a quantidade de paróquias e as suas diretrizes. O livro relata a história da fundação da Diocese, que aconteceu no dia 14 de junho, de 1965, com a Bula, Haud Inani do Papa Paulo VI. Orienta e catequiza os leigos que irão trabalhar os sacramentos, a organização da diocese em regionais; aborda sobre a administração da Diocese, a cúria Diocesana e sua ação evangelizadora; e os principais conselhos pastorais.

Tudo o que foi partilhado e estudado sobre o livro da caminhada durante esses dias acima mencionado, agregou valores e conhecimentos para cada um de nós formandos do propedêutico. Percebe-se que a diocese de Itabira está sempre presente nos momentos de luta e também de júbilo na vida de cada um dos seus fiéis. Empenhada com a sua missão evangelizadora, a diocese visa o bem-estar de todo o povo de Deus, contribuindo para a promoção de uma sociedade mais solidaria, justa e fraterna. O livro revela o empenho de todos bispos que ajudaram e ajudam a construir cada vez mais a história da diocese marcada por lutas, desafios, mas também por conquistas e superações. A Igreja particular de Itabira-Coronel Fabriciano, com a sua missão evangelizadora, dedica-se intensamente no que se refere ao anúncio da Boa Nova.

Por fim, os estudos sobre a formação litúrgica nos seminários e casa de formação, nos mostra o zelo que devemos ter pelo sagrado. Ressaltando que no espaço litúrgico que acontece a Santa Missa renova-se o sacrifício de Cristo. É preciso proporcionar um ambiente de oração dentro da Igreja com a prática do silêncio. Principalmente durante a celebração Eucarística de forma a viver com maior piedade o mistério do Santo Sacrifício.

Na certeza de que precisamos ser uma igreja em saída é exigido de cada um de nós um esforço pessoal. Tal esforço nos faz sair do comodismo para ir e conhecer à realidade do outro, colocando-se a serviço como o próprio Cristo disse no evangelho: “Eu vim para servir e não para ser servido”(Mc 10, 45). Ser discípulos e missionários vivendo autenticamente como cristãos no seguimento da pessoa de Jesus Cristo é ser essa Igreja em saída que o Papa Francisco pede a cada um de nós.

De modo geral, a formação e estudos que tivemos antes do encerramento do ano formativo em Belo Horizonte, foi um momento oportuno de aperfeiçoar mais os nossos conhecimentos e também de alimentar a nossa espiritualidade como vocacionado.

Pedro – Propedêutico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.