Soníloquo soneteiro
26/04/2021
Lições de Tratado da oração e da meditação ao contexto atual
12/05/2021

            No Antigo Testamento o profeta Ezequiel denunciara a dureza dos maus pastores de Israel, que não apascentavam as ovelhas do Senhor, mas apenas a si mesmos (Ez 34,2). Eram na verdade mercenários que se aproveitavam das ovelhas em benefício próprio e não as conduziam nos caminhos da verdade e do bem. Por causa disso o próprio Deus prometeu que viria, Ele mesmo, para apascentar as suas ovelhas e conduzi-las “às viçosas pastagens” (Ez 34,14).

            Essa imagem figurativa, do pastor e das ovelhas, é assumida por Jesus, como que cumprindo as palavras que outrora Deus fizera ao seu povo. Em Jesus Cristo, o Filho de Deus encarnado, temos junto de nós o “Bom Pastor, que dá a vida pelas suas ovelhas” (Jo 10,11), que cuida de seu rebanho com amor e misericórdia.

            Esse tema, que todos os anos pode ser meditado pelos fiéis católicos no quarto domingo do tempo pascal, ganhou nesse ano de 2021 um motivo a mais para nos alegrarmos. Celebramos no último sábado, dia 24-04, às 16H, na igreja matriz de São Domingos do Prata, a ordenação presbiteral do até então diácono Gustavo. Nossa querida diocese ganhou mais um pastor para conduzir o povo de Deus nos caminhos da vida e da salvação eterna.

            Rendamos graças a Nosso Senhor, por nos presentear com tão grande dom, e também rezemos pelo mais novo presbítero de nossa Igreja particular, o padre Gustavo, para que se deixe conformar, cada vez mais, ao coração de Jesus Cristo, o Bom Pastor.

Seminarista Fernando Moreira Nunes de Souza, 4° ano de Teologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.