Jornada vocacional e bodas de prata
10/09/2021
Os três céus de Maria
23/09/2021

Numa estrelada noite de luar,
Eu vi, ao longe, Jesus peregrino;
Fiquei eufórico como um menino
E o convidei para em minha alma entrar.

Pensei comigo em lhe dar meu quinhão.
Qual flecha, fui disparado à cozinha
Mas quando voltei, oh! surpresa minha!
Sumira a chave de meu coração.

Tremendo e suando acionei o guarda
Que o levou para o júri o julgar.
Lá a sentença foi anunciada:

Cruel cárcere domiciliar.
Prisioneiro de minha alma se faz,
e o motivo: ter me amado demais.

Seminarista Wellington, 3° ano de Filosofia.


Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/seminari/public_html/wp-content/themes/betheme/includes/content-single.php on line 286
Pedro de Paula Ferreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.